IFMT

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional

início do conteúdo

Seminário PDI: Reitor do IFMT destaca em sua fala a importância da instituição dialogar com as tendências globais, como por exemplo, a indústria 4.0

Publicado em: Reitoria / 19 de Junho de 2018 às 12:15

O reitor do IFMT, professor Willian Silva de Paula, em sua palestra de abertura, nesta terça-feira (19), no Hotel Fazenda Mato Grosso, aos representantes dos campi e da reitoria no Seminário de Planejamento Estratégico para elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional 2019- 2023 destacou a importância de o IFMT dialogar com as tendências globais, como por exemplo, a indústria 4.0.

“Nesses dois dias nós vamos planejar e nortear os trabalhos para os próximos cinco anos. Um dos discursos que queremos fortalecer nesse seminário é a questão de network (rede de contatos) e das parcerias, dialogando com as tendências globais, como por exemplo, a indústria 4.0. O IFMT não pode se furtar de participar, enquanto instituição de educação profissional e tecnológica”, salientou o reitor.  

Ao ser questionado como o IFMT poderia se capacitar para oferecer cursos à comunidade com a tendência 4.0 da indústria, Willian de Paula salientou que existem profissionais dentro do quadro que dialogam e já pesquisam essa tendência.

“O que precisamos fazer é mapear essas “pratas da casa” e juntos pensarmos em como estruturar o Instituto Federal para o 4.0 dentro do que já temos. Já aquelas áreas que a gente vislumbra que precisamos dialogar com instituições externas, nós buscaremos fortalecer o network e as parcerias para viabilizar a capacitação, não só dos nossos servidores, mas também dos nossos alunos que sairão dos cursos com essas tendências do 4.0, para serem os futuros instrutores”, salientou o reitor.  

O pró-reitor de desenvolvimento institucional do IFMT, João Germando Rosinke, explicou que Plano de Desenvolvimento Institucional é um documento bastante abrangente e participativo. Ele contou que por conta da complexidade, a Prodin organizou um cronograma de participação. O seminário que ocorre nesses dois dias, 19 e 20 de junho, é o início dos trabalhos da primeira fase, que estão chamando de fase diagnóstica.

“Estamos recebendo as comissões locais, que vão ser as responsáveis em levar ao debate e coletar informações em cada uma das unidades. Essa fase vai de agora até agosto. No mês de setembro, iremos desenvolver o mapa estratégico da instituição, em nível de gestão. Nesse momento, vamos definir nossos indicadores e metas. Em outubro, será a escrita do documento e a formatação final, para que seja posto para consulta pública em nosso site. Após a publicação, a comunidade poderá fazer ponderações. Pretendemos encaminhar esse documento para o Consup em novembro e esperamos que seja aprovado”, disse João Germano.

 

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Sen. Filinto Müller , 953 - CEP: 78043-400

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT