IFMT

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional

início do conteúdo

IFMT, UFMT e Unemat iniciam trabalhos do 3º Encontro do Fórum Permanente

Publicado em: Reitoria / 26 de Abril de 2018 às 11:32

Os gestores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) debatem nesta quinta-feira (26), no 3º Encontro do Fórum Permanente das Instituições Públicas de Ensino Superior de Mato Grosso, ações conjuntas que visam fortalecer o tripé ensino, pesquisa e extensão, além de fomentar relações institucionais e internacionais.

Na abertura do evento, em que se busca dar continuidade ao planejamento estratégico conjunto que vem sendo desenvolvido, o reitor do IFMT, Willian de Paula, ressaltou a importância da sinergia entre as instituições, frente a cortes de recursos e limitações orçamentárias, para que seja possível manter os resultados à sociedade e consolidar e ampliar as ações em parceria.

“É um momento rico de diálogo para estabelecermos novas parcerias, além das que já executamos juntos, e fortalecermos nossas ações. Estarmos juntos facilita, entre outras coisas, a participação em editais de fomento, a obtenção de recursos para a realização de projetos em rede”, defendeu Willian. Ele lembrou que, cada vez mais as instituições de ensino estão sendo chamadas a serem parceiras daquelas que promovem o desenvolvimento econômico do estado, para desenvolver pesquisas tecnológicas nas áreas de agropecuária, de alimentos e serviços.

A reitora da UFMT, Myrian Serra lembrou que as três universidades tem parcerias tanto com órgãos  vinculados à produção em larga escala como também à agricultura familiar. “Também estamos inseridos na produção em pequena escala. E nosso objetivo é nos aproximar da sociedade em todos os níveis para diminuir as desigualdades e a concentração de renda e promover a inclusão social por meio da universidade inclusiva, para que os indígenas, quilombolas, venham às universidades e produzam conhecimento para fortalecer a sua região e o seu povo”, salientou Myrian.

A reitora da Unemat, Ana Maria Di Renzo, também ressaltou o valor do elo entre as Instituições Públicas de Ensino Superior de Mato Grosso. “Andarmos juntos e defendermos a universidade pública de qualidade somada a uma política de estado para o ensino superior, no momento difícil que atravessamos, de verbas escassas, é um grande avanço. Este é o meu terceiro fórum e último como reitora, e é gratificante que terminaremos o dia com nova proposta de projetos coletivos,” afirmou a reitora.

Para Ana Maria, ainda há um caminho a percorrer na busca de 'resultados mais materializados e visíveis' para a sociedade, porém a aproximação das universidades, que nos últimos três anos tem amadurecido as relações e as ações conjuntas é um passo fundamental. “Nossas relações ganharam corpo e força de um coletivo institucional dentro e fora do estado, que dialoga, interage e defende o mesmo princípio da universidade pública, gratuita e de qualidade”, assegurou.

No período da manhã, os representantes de cada grupo do planejamento de 2017 estão apresentando resultados em relação às atividades propostas nas áreas de ensino, pesquisa, extensão, inovação e internacionalização. No período da tarde, cada grupo planejará um projeto estratégico para ser executado entre as três instituições em 2018.

Ao término dos trabalhos será redigido um documento contendo os projetos para 2018. Também será aprovada a Carta Pública do Fórum Permanente, que será encaminhada às autoridades políticas e entidades da sociedade civil. “Além de oficializar o encontro e uma linha de trabalho conjunto, o documento mostrará às diferentes esferas da sociedade a potencialidade da união dessas três instituições”, pontuou Willian.

O reitor adiantou que uma das proposições da carta é a realização de visitas a órgãos com os quais haja possibilidades de estabelecer parcerias a fim de sensibilizar esses representantes para o apoio à educação superior pública.

“Iremos ao encontro daqueles que vislumbramos como possíveis parceiros, a exemplo da Secretaria Estadual de Educação e do governo do Estado. E como este é um ano eleitoral pretendemos apresentar uma propositura de educação superior pública aos futuros candidatos a deputados federais, senadores e governo estadual, para que olhem para a educação pública. Nós, reitores, temos o dever de mostrar quem somos e o que estamos querendo e buscando para a educação superior em Mato Grosso”.

Marcadores: ifmt_1

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Sen. Filinto Müller , 953 - CEP: 78043-400

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT