IFMT

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional

início do conteúdo

IFMT obtém recredenciamento do Conselho Nacional de Educação

Publicado em: Reitoria / 27 de Março de 2018 às 17:45

O ministro da Educação Mendonça Filho homologou o Parecer nº 513/2017, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, referente ao processo e-MEC nº 201408246 e recredenciou, por mais cinco anos, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. A portaria nº 249, de 22 de março de 2018, publicada no Diário Oficial da União no dia, 23 de março, assegura o ensino superior até 2023 e declara a qualidade do ensino do IFMT.

“A publicação da portaria é um momento de muita alegria. O parecer validando e recredenciando nossa instituição demonstra a toda a comunidade interna e externa que o instituto cada vez mais avança nas ações de ensino, pesquisa e extensão, graças ao corpo de servidores qualificados, ao envolvimento dos alunos e à credibilidade que alcançamos na sociedade. A gestão do IFMT através da construção do novo Plano de Desenvolvimento Institucional será validada com o recredenciamento. Esperamos, cada vez mais, cumprir a nossa missão e ser reconhecidos como uma instituição comprometida com o ensino de qualidade”, comemorou o reitor Willian de Paula.

O diretor de Política, Projetos e Articulação Institucional do IFMT, Adriano Breunig explicou que mesmo a visita de recredenciamento tendo ocorrido em 2015 e o instituto apresentar, na ocasião, as condições necessárias ao recredenciamento, devido aos trâmites burocráticos, a publicação só saiu agora. Com a experiência de mais de 100 avaliações institucionais no currículo, ele afirma não ter encontrado num parecer uma frase tão forte, destacando os aspectos de solidez em infraestrutura e gestão.

“Dois dos cinco aspectos de avaliação institucional ele (o conselheiro do CNE) considerou que estão sólidos. Dois eixos que claramente são definitivos na implantação de uma instituição: a gestão e a infraestrutura. Então realmente há motivos para comemorar. Acredito que a construção dos demais eixos será solidificada e na próxima avaliação, certamente teremos solidificado os cinco eixos,” afirmou o diretor.

Em suas considerações, o relator, conselheiro do CNE/CES, Yugo Okida, "destacou que o IFMT apresentou um perfil bom nos aspectos definidos pelos referenciais mínimos de qualidade. Além do cumprimento das diretrizes, estabelecidas para cada um dos cinco eixos e da coerência entre as políticas de ensino e as ações, a IES mostra solidez nas questões de infraestrutura e gestão".

Arquivos relacionados

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Sen. Filinto Müller , 953 - CEP: 78043-400

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT